(19) 3475-7757 tabatex@tabatex.com.br

Mídia Notícias

Confira os destaques da Tabatex na mídia:


Por que é importante controlar a tensão dos fios durante os processos têxteis?

BTSR oferece sensores eletrônicos e sistemas inteligentes para todos os tipos de fios


A recente evolução do mercado têxtil é caracterizada pelo uso de materiais cada vez mais tecnológicos, que impulsionam as empresas a aderir sistemas de controle capazes de garantir alta qualidade do produto. O monitoramento da tensão nos fios têxteis é uma segurança na qualidade, e manter uma tensão em uma faixa pré-definida no processo, evita que ocorram perdas e defeitos. Para minimizar os inconvenientes por conta da variação de tensão foi desenvolvido o sistema de alimentação positiva, que tem como objetivo fornecer fios às agulhas, de forma que elas não tenham que exercer força para puxar o fio do cone. Quando as máquinas são equipadas com um sistema de alimentação positiva, a manutenção constante de quantidade de fio é garantida em relação ao consumo necessário.

Na produção têxtil, com a utilização de um sistema de controle é possível detectar e prevenir defeitos, é possível por exemplo efetuar a parada automática da máquina quando uma grande tensão é percebida ou a ruptura do fio, esse sistema de controle é possível ser facilmente adicionado ao sistema de alimentação positiva (ou negativa). Durante a aplicação de tensão no tecido é importante observar para que não haja pouca tensão, provocando defeitos ou irregularidades na máquina, mas também não pode haver muita tensão o que pode gerar dificuldades no manuseio do equipamento e no tecido produzido, ou seja, o ideal é ter uma tensão equilibrada e suave. 

O sistema de alimentação é responsável pela constante alimentação de fio, isso acontece pelo movimento sincronizado entre o sistema de alimentação positiva e o cilindro da máquina. É formado por uma engrenagem de acionamento, uma polia de alimentação, um rolete de alimentação, uma polia tensora e uma correia de alimentação. É através da polia tensora que se regula a tensão da correia de alimentação, que não deve estar nem frouxa nem muito apertada. O rolete de alimentação controla a quantidade de fio que está sendo puxado pelo alimentador positivo. A polia de alimentação controla a velocidade da correia de transmissão. Aumentando o diâmetro da polia de alimentação, consequentemente, a velocidade da correia também será aumentada, o que fará com que a quantidade de fio alimentada seja maior.

Sistema de alimentação positiva: o alimentador positivo tem a função de entregar às agulhas, o fio necessário para formar a laçada. Durante cada volta da máquina, as agulhas recebem uma quantidade correta de fio, que nunca pode variar, decorrente do movimento sincronizado do sistema de alimentação positiva com o cilindro da máquina, o que assegura uma quantidade constante de fio alimentado. A velocidade da fita dentada irá determinar a velocidade do carrinho e, consequentemente, o consumo de fio.

Sistema de alimentação negativa: neste sistema, as próprias agulhas puxam a quantidade de fio necessária para formação de malha. O aparelho alimentador de fio se encarrega apenas de apresentar o fio numa tensão mais baixa e regular possível. 

Para o correto funcionamento das máquinas de produção é essencial que existam sensores eficientes capazes de detectar qualquer anomalia relativa aos fios. Seja sua ruptura, sejam irregularidades que possam vir a prejudicar a qualidade da produção. A BTSR, empresa italiana representada pela Tabatex no Brasil, desenvolveu os sensores mais modernos do mercado, com tecnologia óptica bidimensional que faz a leitura e gravação do padrão do fio, garantindo a sua repetibilidade. Com essa tecnologia, os sensores conseguem garantir redução de 80% no desperdício e em produtos de segunda qualidade, evitando ainda quebra de agulhas e parada de máquinas. A Linha de Alimentação de Fios BTSR é um pacote completo de soluções avançadas e inovadoras, capazes de controlar e ajustar com extrema precisão a tensão de alimentação de fios, que é o principal requisito para atingir metas de qualidade e economia de custos. 

O ciclo de produção da empresa BTSR pode ser subdividido em duas simplificações sequenciais: a primeira, altamente tecnológica e robotizada, conta com uma equipe limitada, porém extremamente qualificada e linhas totalmente automatizadas para produção em massa de componentes eletrônicos que são o núcleo de seus produtos; o segundo, principalmente contando com recursos humanos, consiste em equipes organizadas envolvidas em testes, montagem, calibração e identificação serial de todos os componentes, para uma rastreabilidade precisa de peças acabadas. Sempre de olho nas evoluções tecnológicas, sua divisão de produção faz uso das máquinas e instrumentação mais avançadas existentes no mercado.

ULTRAFEEDER2, o Alimentador de Tensão Constante de Fios mais vendido no mercado, agora está disponível com um novo conceito de solução inovadora de 'Armazenamento e Liberação' de Fios. O dispositivo UNICO2 (patente BTSR) é aplicado no ULTRAFEEDER2 e é projetado especificamente para aplicações de meias e tricô. É capaz de compensar automaticamente variações repentinas e altas de absorção de fio, apresentando recursos de controle de tensão constante de fio positivo e armazenamento e liberação de fio. Entre os principais benefícios UNICO2 garante os MÁXIMOS Padrões de Qualidade no produto têxtil, permitindo que a máquina opere na Máxima Velocidade / Eficiência da Máquina. Além disso, UNICO2 vem com função de compressão de graduação para novos estilos de produtos e recursos de moda ilimitados.


Cadastre-se